skip to Main Content

Linguagens totalitárias

Trata-se de experimentar interrogar a linguagem da mídia brasileira na presente crise à luz das maquinações totalitárias agenciadas na Alemanha nazista e na União Soviética stalinista, tomando como referências os livros Langages totalitaires, de Jean-Pierre Faye, e Outre-écoute, do poeta Armand Robin

P.A.C.A. conta com o apoio da Casa do Povo, do Goethe Institut São Paulo e de Sete Visões.
Linguagens totalitárias aconteceu no dia 12 de Novembro de 2015, na Casa do Povo em São Paulo.
Imagem na home: Charge de Ribs.
Back To Top